Miss Kobayashi’s Dragon Maid S: anime é censurado na China

‎Futabasha / Kyoto Animation / Divulgação

Diversos usuários chineses da bilibili, maior serviço de streaming da China, comentaram na internet que o anime Miss Kobayashi’s Dragon Maid S, recém chegado no catálogo da plataforma, foi censurado.

Os espectadores de Miss Kobayashi’s Dragon Maid sabem que o anime está repleto de cenas cômicas envolvendo ecchi e várias personagens “avantajadas”, mas tais cenas são proibidas de acordo com a lei chinesa. Por conta disso, os bustos das personagens foram totalmente censurados no tema de abertura e encerramento, além de reduzidos propriamente na série.

Animes censurados não são novidade na China, mas é algo que vem ocorrendo com certa frequência no país. Recentemente, o anime mecha AMAIM foi banido da China por distorcer acontecimentos históricos.

No Brasil, Miss Kobayashi’s Dragon Maid S está disponível (sem censura) com opção de dublagem em português e áudio original com legendas.

50 respostas para “Miss Kobayashi’s Dragon Maid S: anime é censurado na China”

  1. King Strife disse:

    Não me surpreeende, esse anime ao todo é apenas fetiche e apelação de fanservice que muitos ainda cismam em tratar como se fosse algo infantil do nível Pokémon. Surpreso não terem feito isso desde o começo.

  2. Anubis_Necromancer disse:

    Obra poderia ter sido boa se não fosse apelativa nessa S2

  3. Gabriel Arruda disse:

    Censuram usando as mesmas desculpas que a Ditadura Militar Brasileira usou.

  4. Chunchunmaru. disse:

    Nem vi o anime e nem pretendo mas isso é bem triste, pior é que tem um monte de BR lacrador aplaudindo isso

    • MeGaNiNjA disse:

      Se eu te contar que coisas “lacradoras” são banidas na china tb
      Aliás não sei como dragon maid foi aprovado mesmo com censura a passar lá, já que relacionamentos homoafetivos não são liberados nas leis locais de media

      • Chunchunmaru. disse:

        Pois é, esse povo tá comemorando pq é algo que eles não gostam sendo censurados, mas se fosse algo que gostam seria a hora de subir uma hashtag no twitter xingando a China

  5. Allan Martins disse:

    Tá…ok ate aí nenhuma novidade, afinal o que NÃO é censurado por lá né?

  6. Matheus Motta Silva disse:

    Já agradeceram a terra da Liberdade hoje por combater o capitalismo imperial malvadão dos Estados Unidos??
    (sarcasmo)

  7. Sonic2017 disse:

    Pelo menos a versão censurada do Bilibili poderia passar na TV Cultura!

  8. Lemo disse:

    E sinceramente as personagens ficam melhor assim que com esses dois balões ridículos.

    • matheus bom de bolo disse:

      Mano essa não e a questão
      E sim o fato da censura
      Quando a galera vai aprender q nenhuma censura e boa po
      Isso interfere na mensagem original, na caracterização do autor e ate msm do roteiro q o autor montou
      E a msm coisa de que pegar o Davi de Michelangelo e algum governo autoritário considerar aquilo vulgar e colocar uma calça nele
      Criticar o desing original e de boa pq cada um tem seu ponto de vista ( eu so acho engraçado a coluna de aço dela msm kkkkkkkk) mas falar q uma censura ta melhor e desrespeito

      • Lemo disse:

        A mensagem é ter fetiche por uma garota com aparência de menor de idade? Tá bom.

        “Criticar o desing original e de boa pq cada um tem seu ponto de vista mas falar q uma censura ta melhor e desrespeito”.

        Minha crítica é achar a versão reta melhor oras, simples assim.

    • DOG NOS GAMES disse:

      Se tu não gostou dá dislike mas não impeça a liberdade criativa do autor.

      • matheus bom de bolo disse:

        Pois e irmão
        Galera faz uma censura seletiva (não pode censurar oque eu defendo mas o que eu nao gostei tem q censurar msm) externamente hipocrita
        Quando a Disney fez uma versão tirando um relacionamento homossexual de eternos a galera caiu matando falando q censura e errado e eu tava no meio disso descendo a lenha no rato
        Ai fica comemorando quando tiram os peito da ilulu kkkkkkk
        Não da pra entender ess turminha usuaria do twitter no serio
        Parece outra espécie diferente da humana

      • Lemo disse:

        Do mesmo jeito que alguns vem sedentos discordar eu não disse que o autor não pode fazer, apenas acho ridículo e segue o baile.

  9. Clelson Medeiros disse:

    eu achei desnecessário a nova personagem ter esse peitões, o anime é bom, não precisa ser apelativo.

    • murasaki disse:

      Sem falar que não dá pra ver muita lógica em alguém que sai por aí de jaqueta e calcinha…
      rs

      • Rafael Barreto disse:

        É um anime. Não precisa de lógica

        • murasaki disse:

          Também não é como se animes no geral precisassem seguir esse esquema…

          • Rafael Barreto disse:

            Cara é uma ficção. Descansa militante

          • murasaki disse:

            Criticar algo = militância?
            tá.

          • Lemo disse:

            Pessoal acha que criticar faz a pessoa automaticamente odiar qualquer conteúdo desse tipo quando na verdade eu curto mas tem momento que não dá, quando a obra se estica a ficar apenas nisso ai fica cansativo demais.

          • murasaki disse:

            Eu nem ligo dos cara terem opinião contrária, como eu mesmo já falei antes.
            Já esses caras em questão, falam que os outros estão “chorando” no post sendo que é exatamente isso que os caras que “julgam choro” estão fazendo. Ignoram completamente o contexto da opinião dos outros e ficam metralhando nos comentários que todo mundo está fazendo apologia à censura, que só tem “lacrador” nos comentários ou no blog, quando o pessoal simplesmente só está expondo opinião contrária a dessa gente.
            E se você notar, essa mesma galera tá “opinando” em outros posts quando se trata de uma personagem que não convém aos gostos deles, como algum LGBT inserido em alguma franquia famosa, usando a cartinha da “lacração” como argumento sem contextualizar a respeito. E quem for contra o que o cara pensa, por mais que a pessoa esteja argumentando sem atacar, ela automaticamente vira “lacradora”.

            Simplesmente um nível ad hominem de discussão… difícil aturar esse tipo de gente.

    • Rafael Barreto disse:

      É muita frescura de vcs kkkkkk

  10. matheus bom de bolo disse:

    DesresPEITARAM a pobre da ilulu

  11. MeGaNiNjA disse:

    Eu falei que teríamos muitos animes aonde teria uma versão pra china e uma versão pro resto do mundo

  12. Rafael Barreto disse:

    Vendo os caras que reclamam de censura mas tão apoiando isso. Bando de fresco do [email protected]$lho

  13. lau disse:

    Versão da China parece melhor, sinceramente, qual a necessidade dessas proporções? Da mina usando só casaco e calcinha? Anime que se garante não precisa desse tipo de apelação, são detalhes assim que me fazem não querer ver nem o primeiro episódio de uma obra.

    • Rafael Barreto disse:

      o cara tem medo de peito e bunda kkkkkkk. É uma ficção poha. Como se garotas dragões existissem né? Vcs se fazem de burro, não é possível

      • lau disse:

        Em quê isso agrega a obra? Esse tipo de coisa é sinônimo de muito fanservice e [email protected] desnecessários, se isso é algo do seu agrado é uma questão pessoal, não é do meu.

      • murasaki disse:

        Quem aqui tá com “medo” de massa corporal, amigo?
        A questão aqui é o que é realista, o que não é, e o que é simplesmente bizarro e ultrapassa até o senso do fanservice.
        O que esse anime geralmente faz é a última coisa que eu citei. Claro que não há problema em ter interesse em qualquer um dos três, o negócio é que esse nem de longe é aquele tipo de anime que dá pra recomendar pra um amigo pela “história” justamente porque essa fanservice sem sentido ofusca quase toda a história.
        Pega por exemplo o anime Grand Blue. Quase o tempo todo esse anime tem essa parada de dar close no corpo dos personagens, mas existe um contexto nisso: a galera geralmente aparece com roupa de banho porque é um anime situado no mar. E diversos tipos de massas corporais e ambos gêneros aparecem na série, não se resume só em busto que parece duas bolas de basquete.

        E finalizando, não, obviamente não estou passando pano pra censura chinesa. Claro que todo mundo tem o direito de ver o que gosta do jeito que gosta, o negócio é que se alguém quer ver algo de um jeito, deveria é existir as duas formas de acompanhar a série, tanto em plataformas quanto em canais de TV. E se você gosta desses fetiches aí, ok, mas não é porque você gosta que todo mundo vai pensar o mesmo que tu.

        • Rafael Barreto disse:

          Cara tu tá pedindo realismo num anime de garotas dragões? É isso msm? Deixa de ser um chato da internet e vive sua vida. Daqui a pouco vai reclamar que o luffy não pode esticar o corpo pq isso não existe. O cara não diferencia ficção de realidade kkkkkk

          • murasaki disse:

            Parece que você tá cagando e andando pra tentar interpretar o que eu disse, pelo visto…

          • matheus bom de bolo disse:

            Mano nao vejo sentido em apoiar essa censura da china como se fosse uma versão para pessoas q não gostam
            Censura e censura, tem q ser criticada nao importa sua natureza isso e a base
            Criticar o design original blz mas vc disfarçar isso falando como se fosse uma versao para não magoar as pessoas sensiveis a peitos grandes (wtf)

          • murasaki disse:

            Pelo visto você realmente não leu meu comentário todo mesmo…

            E finalizando, não, obviamente não estou passando pano pra censura chinesa. Claro que todo mundo tem o direito de ver o que gosta do jeito que gosta (…)

            Nisso que dá viver numa bolha. Surge um comentário com opinião contrária a sua e você age como se eu tivesse comentando um fato e como se seu contra-argumento também fosse fato…

        • matheus bom de bolo disse:

          Pra qm ta com preguiça de ler esse textao
          Resumindo e o cara falando q fanservice tem q ter contexto

          • murasaki disse:

            E não é só isso que eu disse. Mas parece que é mais fácil pra vocês darem dislike em contas múltiplas em vez de refutar de verdade…

        • Makoto Bakura disse:

          “se alguém quer ver algo de um jeito, deveria é existir as duas formas de acompanhar a série”
          “E se você gosta desses fetiches aí, ok, mas não é porque você gosta que todo mundo vai pensar o mesmo que tu”

          Por essa lógica, filmes pornôs deveriam possuir uma versão sem sacanagem, para quem não gosta disso… Filmes de terror deveriam possuir uma versão sem sangue ou violência, pra quem não gosta disso… Comédias deveriam ter uma versão sem piadas, pra quem gosta só de uma história sem piadinhas… Romances deveriam ter uma versão sem beijos, afinal, tem gente que acha isso meloso demais… Documentários deveriam ter uma versão cheia de piadas do Adam Sandler, porque tem gente que não curte algo sério demais…

          • murasaki disse:

            Você aparentemente não tá muito ligado sobre o que a franquia se trata e nem tentou interpretar meu texto pra fazer essas comparações aí…

            Primeiramente falando, isso se trata de uma série de televisão e é focada no slice-of-life. E em segundo lugar, eu tenho total certeza do que a série se trata, assim como também sei qual é o público-alvo dela, que é exatamente essa galera aí que adora uma fanservice sem qualquer lógica ou motivo para usá-la. E, como eu também já havia dito antes, se vocês gostam dessa parada, podem continuar gostando, e se o autor gosta de usá-las, ele que continue usando já que é ele quem decide.
            O negócio é que aparentemente boa parte desse público (assim como vocês) devem esquecer que boa parte desses autores nem mesmo devem ligar pra censura de terceiros ou adaptações estrangeiras malfeitas a partir do momento em que eles ainda ganham uma grana com isso.

            E como eu disse antes, tem muita gente aqui que aparentemente leva opinião como se fosse fato. Parece que não aceitam que nem todo mundo pensa o mesmo que vocês sobre as censuras mencionadas, e começam a comentar como se tivéssemos “apoiando censura” só por estarmos opinando sobre alguma coisa, quando existe um contexto real pra termos mencionado isso. E essa sua comparação tirou ainda mais de contexto o que eu disse, como se eu estivesse obrigando a todo conteúdo ter “duas versões”, quando eu apenas mencionei isso como se fosse “dois universos”, em outras palavras, duas formas de acompanhar a série sem perder o contexto. Obviamente não é toda série ou ficção que seria assim, a questão é onde que faria sentido esse esquema.

            Resumidamente falando: todo mundo tem em mente que censura é intolerável, mas aparentemente nem todo mundo tem em mente buscar o porquê disso existir, sendo isso moral ou não. E opinar sobre isso (a motivação disso existir, não a censura) é algo livre pra qualquer um.

    • matheus bom de bolo disse:

      Ala os cara comemorando censura kkkkkkkkk
      mais ridiculo q isso impossivel

  14. Unboxing Luigi disse:

    Ficou mais condizente com o tamanho dela.

  15. Roberto Santos Costa disse:

    Infelizmente ainda há países nos tempos atuais que culturalmente vivem na idade media, ainda nao chegaram ao seculo 21, estão muito atrasados….

  16. Moyzez GraPhyk disse:

    isso é inveja das chinesas

  17. Joao Carlos Loyola disse:

    Eu tó vendo que ninguém pesquisou a respeito, e acabou falando uma porrada de besteira !
    Primeiro, pesquisem a respeito do que o governo chinês diz a respeito do que eles chamam de “ópio espiritual”!
    E em seguida sobre essas “coisas” taradas, pesquisem o que isso a longo prazo pode fazer na mante de uma pessoa!
    E de fato, a China tá pouco se cagando pro ocidente enquanto aqui derem lucro pra eles, tá melhor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.