Vazam detalhes do roteiro de Akira

Akira, longa-metragem em produção pela Warner Bros. baseado no anime e mangá de mesmo nome, teve algumas páginas de seu roteiro comentadas pelo site io9 na última segunda-feira. No entanto, o portal afirma que o texto se refere a um enredo já descartado pela produtora, mas que pode revelar alguns detalhes do que está por vir nesta adaptação feita pela Warner.

Inicialmente, a mudança ocorre no nome da cidade onde a história acontece. No original, Neo-Tokyo serve de cenário para o desenrolar do filme, já nas páginas, Neo-Manhattan é mencionada, comprovando o que foi previamente divulgado. Os nomes dos personagens principais permanecem os mesmos, Kaneda e Tetsuo, porém, a adaptação cria uma relação familiar com os dois (irmãos), enquanto na obra japonesa eles apenas são amigos de infância, mas com uma forte ligação.

Ky (Kie, no mangá), revolucionária anti-governo, aparece no início do filme no primeiro encontro entre ela e Kaneda, na cadeia. Com base no contexto, a personagem parece possuir uma personalidade distante da original, menos dura e misteriosa. Um tópico que chama atenção no script é a aparição mais explícita de drogas, utilizadas principalmente por Tetsuo a fim de controlar suas dores de cabeça. Uma cena de luta envolvendo Tetsuo e Kaneda descrita, se passaria em um boliche e ambos utilizariam seus poderes para levitar as bolas do esporte e atirá-las em seus inimigos.

“Akira. Eu ouço sua voz. Sou seu salvador. Sua ressurreição. Sua respiração de vida. Eu estou indo encontrá-lo. Ajudá-lo a romper tudo novamente.”. Embora místico, o enredo original também mistura muito de ficção científica. A frase acima revela que Tetsuo pode ter uma visão de Akira como um possível Messias, mas apesar disso, quer saber o que está acontecendo consigo.

13 respostas para “Vazam detalhes do roteiro de Akira”

  1. Roberta disse:

    É néh, já era esperando que eles mudassem o local onde a trama acontece para uma cenário norte americano,

  2. […] fonte da notícia Vazam detalhes do roteiro de Akira é o site Anime, Mangá e TV – […]

  3. Hayashy disse:

    NAOOOO VAI DESTRUIR A MAIOR OBRA DO JAPÃO! AMERICANOS F******

  4. Alsan Matos disse:

    Eu sabia que eles fariam isso.

    Akira fez e faz pensar, eles têm ódio de Akira, vão avacalhar Akira por vingancinha infantil e por estratégia também.

    Querem mostrar pras próximas gerações: “olha, tá vendo, a estória que seu pai e seu avô tanto cultuam não passa de uma bobagem de antiheróis com poderes telecinéticos”.

    “X-Men é bem mais profundo, com sua eterna discussão sobre os valores democráticos, pela igualdade de direitos e luta contra o preconceito. Crianças, sejam modernas, não se apeguem às bobagens orientais que seus pais gostavam, leiam nossas estórias”.

    É essa a estratégia: desmistificar o anime e o mangá como fonte de conteúdos reflexivos de viés filosófico e ideológico.

    Em outras palavras, querem boçalizar tudo pra lavar o cérebro ainda imaturo da molecada.

    Mas em Akira eles não vão mexer não, Akira é muito maior que eles pensam, nós triunfaremos, bwahahahaha!!!

  5. Kanedadelante disse:

    Meu deus! Que porcaria vai ser isto. Destruiram tudo que havia de melhor em Akira. Putz da bosta da ideiologia deles para fazerem lavagem cerebral em nós. Nem vou perder meu tempo para ver isto.

    É como Alsan disse:: “Mas em Akira eles não vão mexer não, Akira é muito maior que eles pensam, nós triunfaremos”, com toda a certeza.

  6. alexHarima10 disse:

    ja era de se esperar essas adaptações desnecessarias =/ isso que deixa a obra um bagulho

  7. Pink Denise disse:

    A WB tem que trazer é o Cristopher Nolan pra dirigir o filme, aí sim podemos esperar algo de bom.

  8. Gabriel Arruda disse:

    Pelo fragmento do script vazado não parece tão ruim

  9. Larissa disse:

    Ai gente são Americanos, patriotas, eles tem que colocar alguma coisa do país deles no filme, uma coisa importante, e é óbvio que vão trocar o nome da cidade para Neo-Manhattan, uma cidade um pouco conhecida dos States…
    Agora se o filme(por exemplo) fosse produzido no Brasil, os brasileiros iriam manter o nome original Neo-Tokyo, pois não somos patriotas(só viramos quando estamos na época da copa do mundo…)

  10. roy mustang disse:

    Se o filme fosse produzido no brasil,
    iam colocar o heroi Kaneda representando
    o socialismo(ou lulismo)e o Tetsuo e os
    militares representando a “burguesia”…

  11. Deidara-Senpai disse:

    Me desculpem a minha expressão mas.
    Porra todo anime que os americanos tentam adaptar, eles fodem com o enredo original.

    Cara podem contar que vai ser uma grande porcaria, vai ser um fiasco com um anime que pra min é uma lenda.

    malditos americanos.

  12. romi disse:

    O que me revolta é saber que as pessoas irão no cinema dar dinheiro para esta produção, e logo em seguida vão encabeçar uma segunda. Se as pessoas tivessem boicotado Resident Evil, Dragon Ball, Eu sou a lenda (que eles conseguiram definitivamente estragar do livro e original) os filmes voltariam a ser bons. Uso exagerado de efeitos especiais, bons tempos aqueles onde utilizavam-se efeitos mecânicos… hoje em dia, basta utilizar algum after effect e colocar muito brilho e mandinho vibra de alegria… tsss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.