Ultraman Tiga: exibição é suspensa em plataformas de streaming na China

Tsuburaya Productions / Divulgação

Ultraman Tiga, série de 1996 que inaugurou a “nova geração” da família Ultra foi a mais recente vítima das novas normas estatais chinesas que regulam produções audiovisuais voltadas ao público infantil. Com relativa popularidade entre crianças e jovens do país, a série de tokusatsu está fora do catálogo de plataformas de streaming da China desde o dia 24 de Setembro, e teve acentuada repercussão entre os assuntos debatidos pelos usuários do site chinês Weibo na mesma data.

De acordo com um comunicado divulgado pela Administração Nacional de Rádio e Televisão ao portal CNN, qualquer mídia voltada ao público infantil que contenha “violência, sangue, vulgaridade e depravação” estará sujeita a ter suas transmissões banidas em território chinês, também destacando que emissoras de TV, devem focar em transmitir produções que promovam “verdade, bondade e o crescimento saudável para populações mais novas”, com a mesma regra em vigor para plataformas de vídeo online.

Ainda em abril deste ano, de acordo com o site Global Times, um relatório oriundo do Comitê de Proteção ao Consumidor da província de Jiangsu teria investigado cerca de 21 produções voltadas ao público infantil em exibição na China que teriam impacto negativo entre os jovens, constando em tal lista não apenas Ultraman Tiga, como também o anime Detective Conan.

Vale lembrar que ainda esse ano regras do que pode ou não pode ser veiculado por meios midiáticos tem tido como maior alvo o conteúdo de estações de TV mas tem se estendido também a outros produtos mesmo de fora do meio televisivo, como jogos eletrônicos, onde de acordo com uma reportagem do canal japonês TV Asahi, entrariam jogos BL (boys love), que teriam sido incluídos e barrados da China pela presença de “tendências prejudiciais à saúde como adoração ao dinheiro e afeminação”.

No Brasil, Ultraman Tiga foi exibido pela RecordTV no início dos anos 2000 e pela Rede 21 em meados de 2005.

10 respostas para “Ultraman Tiga: exibição é suspensa em plataformas de streaming na China”

  1. Matheus Motta Silva disse:

    É revoltante oq esse governo desgraçado da China faz com a população. É como você ser um animal de estimação de um rico, você vai ter tudo de bom e melhor… exceto liberdade.

    • Blu3s disse:

      O pior é ver essas normas de censura destinadas à TV ainda por cima se estenderem aos streamings e até a jogos.

    • Gabriel Arruda disse:

      Se uma coisa que a história demonstrou mais de uma vez é que nenhuma ditadura é eterna todas caem mesmo que leve décadas ou até séculos.Um dia o Partido Comunista vai cair e o Chinês será livre.

  2. Gabriel Arruda disse:

    Usaram as mesmas desculpas que a Ditadura Civil-militar usou para proibir produções estrangeiras como National Kid.

  3. fundashi666 disse:

    E ainda tem gente que defende o governo chinês….

  4. ZengarZonvolt disse:

    de todo modo, pelo que andei vendo no gringo, essa série tem problemas por causa de contrato (sem direitos de exibir via streaming) sobre a imagem do personagem principal (e mais um) ao qual pertence a uma certa “agenc1a”

  5. Thomas disse:

    Chinês não acabar visando a adoração ao dinheiro, rsrsrs. Mal pela piada, mas é inevitável. Não é como se na década de 90, em boa parte do mundo não tenham feito uma censura pesada (no Brasil incluso), mas já estando próximo da metade desse século do que longe, e alguém pensar que a censura leva a algo…

    Não vou dizer que não entendo o que os caras estão pensando, eles provavelmente não querem deixar que a cultura estrangeira acabe influenciando a sua própria de maneira que fira seus “próprios” valores. Mas não deixa de ser errado privar o seu povo de ter liberdade de escolha e de opinião. É em momentos como esse que se vê o quão “aberta” é a China.

  6. Fresh Prince of Namek disse:

    Nada promove mais verdade, bondade e o crescimento saudável para populações mais novas do que Ultraman

  7. Pedro Nobrega disse:

    Parece que diferente do que a gnt pensava, no futuro a censura da China não vai afetar as produções japonesas, vai é fazer eles se manterem bem longe do país kkkk

  8. César Filho disse:

    isso que acontece em uma ditadura comunista, censura e opressão, que coisa triste, viva a liberdade de expressão e de opinião

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.