TV Cultura anuncia expansão internacional e nova parceria

TV Cultura / Divulgação

Foi anunciado nesta segunda-feira (7) que a TV Cultura, uma das principais emissoras públicas do Brasil, dará seus primeiros passos em sua expansão internacional, através da distribuição e transmissão de conteúdos.

O projeto é fruto de uma parceria com a Stenna, holding de referência no mercado audiovisual, telecomunicações e entretenimento brasileiro, que tem entre algumas de suas parceiras empresas do ramo de telefonia como Claro e Vivo, além de estúdios de dublagem como a Up Voice.

Na primeira etapa de internacionalização, os planos são que produções originais da emissora como Cocoricó e shows da Brasil Jazz Sinfônica (orquestra nacional administrada pelo canal) passem a fazer parte do catálogo de TVs pagas e serviços de streaming de México e demais países da América Latina.

De acordo com o vice-presidente da TV Cultura, Carlito Camargo, por meio da criação da TV Cultura Internacional assim como da TV Rá Tim Bum Internacional, através da parceria com a Stenna, será possível que estrangeiros e brasileiros dos mais diversos países tenham acesso aos programas das emissoras, notoriamente reconhecidas por sua qualidade e excelência.

Ambos os canais tem previsão para serem apresentados ao mercado internacional pela Stenna durante um estande na Andina Link 2022, uma feira de telecomunicações e tecnologia que ocorrerá entre os dias 8 a 10 de março na cidade de Cartagena, na Colômbia.

Além da emissora da Fundação Padre Anchieta, o evento reunirá diversos representantes de operadoras internacionais de TV por assinatura e executivos de renome do setor televisivo mundial que marcarão presença em busca de firmar novos negócios e relações comerciais.

7 respostas para “TV Cultura anuncia expansão internacional e nova parceria”

  1. Eryk Oliveira disse:

    Eh caramba!

  2. Samuel Alves disse:

    Mas a TV Cultura não é estatal?

    • New Undertaker disse:

      Não, a Cultura é uma TV pública.
      Simplificando são canais com objetivo de disseminar cultura, produções educativas e voltadas para a cidadania. Já os canais estatais fazem algo parecido mas também focam em fazer propaganda do governo.

  3. José disse:

    Enquanto isso os funcionários da TV cultura estão passando fome a 8 anos sem reajuste no salário, mas pode crer que a diretoria está ganhando bem e levando um por fora nestes acordos. (Falo porque estou lá dentro)

  4. KilluaSP disse:

    Pra mim a TV Cultura já esta morta nem da 1% de audiencia , antigamente passava aqueles desenhos infantis como o pequeno urso no iconico progragama glubglub e tinha o ra-tim-bum o professor Tiburcio e a cena bizarra de crianças tomando banho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.