SEGA: jogos da desenvolvedora tiveram aumento de até 170% no Brasil

Reprodução

Desde a última terça-feira (12) consumidores brasileiros tem sido surpreendidos ao buscarem por jogos desenvolvidos pela Sega para aquisição própria. Isso porque todas as produções da empresa nipônica tiveram um aumento de até 170% nos seus preços, sendo os mais atingidos pela variação especialmente os da franquia Sonic. O formato mais afetado foi o de games digitais, onde alguns dos novos preços chegaram a tornar tais versões mais caras que as de consoles mesmo em mídia física.

Para se ter uma ideia, jogos recentes do ouriço azul,como Sonic Mania, produzido em 2017, que até antes do último dia 12 tinha preço médio de R$ 36,99 na loja virtual Steam, saltou para R$ 99,50, tendo um aumento avaliado em 136%, enquanto na PS Store e na Xbox Store o mesmo jogo está com custo padrão em torno dos R$ 65 e na Nintendo eShop está disponível pelo valor promocional de R$ 32. Mesmo jogos mais antigos alcançaram seus maiores valores de venda graças à repentina subida de custo, que fez com que jogos como Sonic Adventure 2, originalmente criado em 2001, saltasse de modestos R$ 20 para R$ 53,90 na Steam registrando aumento de 169%.

A situação no entanto não afeta só o Brasil, mas também outros países como Argentina, Canadá e Turquia. No mercado argentino por exemplo, foi constatado que houve elevação de até 490% das quantias a serem desembolsadas para jogos como Sonic Lost World, que de um número de 330 pesos argentinos ascendeu para 1.949 pesos, fazendo com que a alta de preços registrada fosse a maior entre os países onde constatou-se o impacto dos novos valores. Porém, vale ressaltar que tais aumentos foram observados em especial na loja Steam, não acontecendo em outros serviços como o da Epic Games Store onde Sonic Mania prevalece com o preço padrão de R$ 36,99 e o remaster de Sonic Colors continua com o valor integral de R$ 199,50.

Especula-se que a variação de preço possa estar ocorrendo graças à popularidade da sequência do longa de Sonic nos cinemas, porém ainda não houve qualquer pronunciamento oficial da Sega a respeito do assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.