Review Rent-a-Girlfriend: Episódio 1 ao 3

Por ANMTV em

Kodansha / TMS Entertaiment / Divulgação

Mais uma temporada de animes se iniciou, desta vez, com um número consideravelmente reduzido de animes mas com produções interessantes e com temáticas bem curiosas. E neste verão, recebemos a adaptação de Rent-a-Girlfriend (Kanojo, Okarishimasu) para a telinha, que abre um leque de possibilidades para sua trama não se seguir como um clichê.

Sua história gira em torno de Kazuya Kinoshita, um jovem universitário que não tem sorte no amor, sua única namorada terminou recentemente com ele e mostrou um total desprezo com seus sentimentos, fazendo com que recorresse a um curioso serviço de aluguel de namoradas.

Onde conheceu Chizuru Mizuhara, uma jovem garota que faz parte desse aplicativo e trabalha sendo contratada por seu cliente, fingindo ser uma namorada em locais públicos ou situações do cotidiano, entretanto, as coisas começam a sair dos trilhos quando determinadas situações forçam um ao outro a testarem seus próprios limites. Os deixando sem opção, a não ser fingir que estão em um relacionamento para manter as aparências.

Kodansha / TMS Entertaiment / Divulgação

Kodansha / TMS Entertaiment / Divulgação

A situação acaba se complicando mais ainda quando descobrem que são vizinhos de porta e frequentam a mesma faculdade, fazendo com que eles tenham que conviver diariamente, mesmo não querendo. Revelando a dupla identidade de Mizuhara, onde descobrimos que seu nome real é Chizuru Ichinose, uma estudante de letras que usa óculos, cabelo trançado e moletom para que outras pessoas não reconheçam seu “modo aluguel”.

Nesses três primeiros episódios, é notório um certo jogo de personalidades conflitantes entre Kazuya e Mizuhara, enquanto ele atitudes mais indelicadas e, até mesmo, um tanto rudes e imaturas com o seu tratamento em relação a mulheres, principalmente sua “namorada”, ela por sua vez tenta apenas ver sua vida, onde claramente se irrita com essas insistências e trivialidades que ocorrem ao longo da história.

Kodansha / TMS Entertaiment / Divulgação

Uma personagem que tomou maior proeminência entre os episódios 2 e 3, se chama Mami Nanami, a ex-namorada do Kazuya, plantando algumas sementes da discórdia na vida das pessoas. Já que ela aparenta ser a típica garota meiga e fofa que vemos em vários lugares, mas por trás disso ela esconde um temperamento explosivo. Como podemos ver no repentino encontro de ambos no restaurante.

Uma vez que o “casal” mantém a aparência de que estão namorando, despertando um sentimento misto de ciúmes e posse em Mami, onde promete gerar situações ainda mais intrigantes ao decorrer da trama. Onde esperamos que ela seja desenvolvida, ao invés de ficar apenas neste jogo de aparências. 

Kodansha / TMS Entertaiment / Divulgação

Não espere um início extremamente eletrizante e cheio de cenas chamativas, mas já foram inseridos vários elementos dentro da narrativa que devem ser trabalhados futuramente dentro do anime anime, como a criação de um vínculo entre Kazuya e Mizuhara por conta de suas inúmeras encrencas, como, a própria Ichinose se transformar na namorada do protagonista para não deixa-lo em maus lençóis com sua ex-namorada curiosa e repleta de atitudes um tanto questionáveis.

Sendo uma das personagens mais doceis e amigáveis para o público se identificar e começar a acompanhar a trama pelo seu ponto de vista, vendo sua de personalidade de namorada de aluguel para universitária, além de puxar a orelha do protagonista em muitas situações onde ele acaba subjugando ela por causa desse seu trabalho.O que nos leva para o próprio Kazuya, um personagem que gera um certo sentimento de repulsa enquanto vemos na tela, misturado com um nervosismo, que acaba sendo rude em vários momentos por não saber como agir e querer levar tudo na brincadeira para “aproveitar o momento”.

Talvez seja algo que possa ser melhor trabalhado ao longo do restante da temporada, gerando até uma possível edificação de personalidade, mas teremos de aguardar as cenas dos próximos capítulos para acompanhar, que são transmitidos simultaneamente pela Crunchyroll, toda sexta-feira para os assinantes da plataforma, com legendas em português. 

Texto escrito por José Ronaldo
Imagens e edição por Matheus Chami

Comentários