O que aprendemos com os animes?

Por Eder Rodrigues em

ANMTV / Divulgação

Os animes já fazem parte da cultura de muitos países ao redor do mundo, especialmente o Brasil que consomem muitos conteúdos desse gênero tão amado e que angaria uma legião de fãs. Contudo, com o alto poder de entrar nos lares das pessoas, e muitas delas se identificarem com determinados personagens ao ponto de inspira-los a realizar ou a fazer algo, um questionamento vem a cabeça: os animes possuem o “poder” de influência ao ponto de nos ensinar lições importantes nos quais levaremos para a vida?

A identificação do público com os animes vem de traços de perspectivas e realidade relacionado com o que determinada obra ou personagem passam para todos, principalmente aqueles nos quais existem situações que condizem com a realidade. Um exemplo claro é Naruto Uzumaki. Nós vemos um personagem no qual não está disposto a desistir, que sempre tenta para conseguir conquistar ao objetivo, mesmo que muitas vezes ele acaba por tropeçar ou ainda fracassar. Há em Naruto um aspecto de esperança, pois nada está tão longe que não se possa alcançar e esse detalhe chama a atenção do público que o assiste.

Mas por que isso acontece? Lembra que no paragrafo anterior eu mencionei a palavra esperança? Pois bem ela condiz muito com o aprendizado. Quem tem o sonho precisa de incentivo genuíno para não desistir. E isso se encontra nos animes. Assim como uma novela, uma série ou um filme ditam certas tendências comportamentais, e principalmente visuais (quando você ver determinada celebridade usar algum adereço ou roupa, isso faz você também querer, para se sentir bonita ou bonito), os animes moldam personalidades.

Rock Lee, também em Naruto, é um outro exemplo no qual você não pode ter o que todos os outros tem, porém com esforço e dedicação eu vou chegar onde você estar. Esse detalhe é um grande gatilho de percepção para muitas pessoas, para que encare seus medos, vençam seus objetivos e principalmente conquistem seus sonhos.

Barakamon é um outro anime no qual faz você aprender que por mais que você esteja no topo, sempre há algo a mais que podemos aprender. Abrir sua mente para novos caminhos, para novas fronteiras para que cada dia mais, uma nova ideia, um novo aprendizado seja absorvido para que possamos crescer como pessoas e principalmente nas nossas relações interpessoais. 5 Centímetros por Segundo (5 Centimeters per Second), filme em anime dirigido por Makoto Shinkai (Your Name, O Tempo Com Você) em 2007, possui uma mensagem que se perpetua por toda nossa vida, que são nossas escolhas. Elas nos determinam quem você foi, quem você é e ainda quem você será futuramente. Escolhas estas que podem ser duvidosas mas que algumas vezes, o impulso nos move tanto para o bem, quanto para o mal. Então a reflexão sobre o fazer do futuro e o seu planejamento tem seus detalhes bem trabalhados no longa.

Os animes são uma das obras do ramo do entretenimento que divertidas de se assistir. As mensagens que muitas animações nos passam moldam nossas personalidades e nossas convivências. Sonhos e objetivos são transformados e persistidos com os animes. A ficção pode ser algo de certa maneira, “inexistente”, porém por trás de tudo há uma mensagem, que nos faz refletir e acreditar em cada palavra daquele determinado personagem. A nós, cabe absorver o que há de mais positivo, para que sonhos e objetivos não sejam desmotivados por palavras chulas, mas sim absorva aquilo que vai te motivar, que vai te levantar, pois o mundo está cheio de desmotivadores, cabe a você escolher aquilo que vai lhe transformar na melhor pessoa a cada dia.

 

Comentários