Netflix: plataforma pode ser suspensa na Rússia

Reprodução.

De acordo com reportagem divulgada pela agência de notícias Reuters, a Netflix está sob investigação pelo governo da Rússia após ser acusada de violar a legislação que impõe restrições a divulgação de relações LGBT em mídias no país. A denúncia foi feita pela Comissão Pública de Proteção às Famílias, representada pela atual comissária, Olga Baranets.

Segundo a acusação, a plataforma de streaming violou uma lei aprovada em 2013, que proíbe a “propaganda sobre relações íntimas não tradicionais” para menores de 18 anos, ao classificar várias das produções de seu catálogo com temas e relacionamentos LGBT com classificação indicativa 16 anos.

A queixa está em avaliação pela divisão de Moscou do Ministério do Interior, se a plataforma for considerada culpada, pode ser punida com multa de 1 milhão de rublos (aproximadamente R$ 72.247) e suspensão por tempo indeterminado de atividades no país.

Embora não tenha feito um comunicado formal sobre o assunto, fontes na matéria indicam que a Netflix analisou as produções do catálogo russo e não teria encontrado nenhum tipo de programa disponível contendo algum nível de temática LGBT com classificação 16 anos.

22 respostas para “Netflix: plataforma pode ser suspensa na Rússia”

  1. 村崎葵~viola e blu disse:

    Me pergunto se até as músicas do t.A.T.u. são banidas no próprio país hoje em dia, já que ele estão tratando esse tipo de coisa como “crime”, sendo que eticamente falando não existe crime nisso.

    Enfim, enquanto na Rússia eles tem essa Olga, nós temos a Damares querendo fazer outra censura…

  2. Iuri disse:

    Todo dia uma notícia lastimável envolvendo países ditatoriais.

    Seja de direita ou esquerda, toda e qualquer ditadura, principalmente estas travestidas de democratas, deve ser repudiada e “cuspida”.

  3. eduardo lima disse:

    País retrogrado imundo.

  4. Tales Araujo de Lima disse:

    muito triste ter que ler isso em pleno 2021, quase 2022

  5. Brayan Ocampo disse:

    Bueno para bien o para mal netflix debio saber de antemano como manejar las cosas allá independietemente ai esta bien o mal desarraigar lo lgbt del entretenimiento

    Pero muy en el fondo aunque suene discriminador todos estos ploblemas y polemicas fueran sido ahorrados si en primer lugar se hubiese seguido haciendo las series heteronormativas como antes del 2000s

  6. César Filho disse:

    concordo muito com essa decisão do governo russo, país serio faz isso, putin é um grande lider

  7. fundashi666 disse:

    Já era pra Netflix na Rússia, nós sabemos que esse país é uma ditadura igual a china

  8. Ramon Dom disse:

    Por mais que eu DETESTE/ODEIE/ABOMINE
    toda essa forcação esquerdista/progressista goela abaixo dos consumidores, não tem como defender medida ditatorial de governo. O certo é as pessoas percebem por si mesmas que isso tudo é uma bobagem sem tamanho, não que algum governo proíba (só vai dar é munição pra esse pessoal chato)

  9. Pégaso disse:

    Se a Netflix for banida da rússia, aí vai ser igual a china, onde ela vende os conteúdos dela para algum streaming local, ou o torrent vai rodar solta na rússia.

  10. Haruboy disse:

    O pessoal que apoia acha que só a lacração que vai ser proibida, mas a verdade é que a lacração é só uma desculpa para censurar geral! Começa com a lacração e depois avança para proibir mais coisas. É sempre assim.

  11. Clelson Medeiros disse:

    o mesmo tinha que acontecer aqui no brasil.

  12. Felipe Gomes disse:

    A rússia vai evoluir quando?

  13. esses países ditatoriais são uma vergonha…brasil indo pro mesmo saco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.