Megaman X Dive: jogo chega à Steam, mas vira alvo de reclamações de usuários

Capcom / Divulgação

Nesta sexta-feira (4) o port de PC de Megaman X Dive chegou à Steam para o público de países da América do Sul. No entanto, o que era para ser motivo de comemoração por parte de quem já jogava em dispositivos móveis ou esperava por esta versão, se apresentou uma tremenda dor de cabeça.

De acordo com a grande maioria das reviews de jogadores na Steam, o game tem apresentado problemas para o manuseio da câmera e ausência de resposta no comando de pular para os personagens executarem ações na tela, o que tem atrapalhado a experiência e até os impedido de ir adiante na jogatina pela impossibilidade de se concluir algumas das missões iniciais. Alguns usuários chegaram a relatar que é possível burlar os problemas ao se mudarem as configurações de hora e região de computadores do Brasil para outras compatíveis com o port do jogo, como os Estados Unidos.

Com acesso gratuito e suporte a micro transações, Megaman X Dive mescla o estilo de jogabilidade 2D tradicional que consagrou jogos da franquia Megaman X com mecânicas de jogos “gacha” gráficos em estilo 2.5D e um enredo próprio, no qual X e os maverick hunters devem restaurar as memórias digitais de um sistema conhecido como Deep Log, um espaço virtual onde dados e memórias relacionados às aventuras de X e de seus companheiros estão contidos, mas cuja estabilidade encontra-se ameaçada por vírus e outras ameaças digitais.

Steam e Capcom ainda não se manifestaram sobre o assunto.

4 respostas para “Megaman X Dive: jogo chega à Steam, mas vira alvo de reclamações de usuários”

  1. Clelson Medeiros disse:

    O personagem não pula, a câmera não acompanha o personagem, muito bugado.

  2. Rafinha disse:

    Achei uma falta de responsabilidade em lançar o jogo com estes bugs.

    Eu até poderia mudar o horário do pc. mas pera ai… assim não é justo! trata o povão da América latina com o mesmo respeito que vcs dão aos demais países!

  3. Lemo disse:

    Triste fim pro robô azul.

  4. Clelson Medeiros disse:

    estranho que no smartphone tá em português

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.