Cells at Work: franquia ultrapassa marca de 7 milhões de cópias em circulação

Por João Gabriel em

Kodansha / Divulgação

Foi revelado nesta terça-feira (31) que a franquia de Cells at Work, formada pela obra original e seus diversos spin-offs, ultrapassou a marca de 7 milhões de cópias em circulação, incluindo vendas digitais.

O mangá original foi serializado na revista mensal Monthly Shōnen Sirius da editora Kodansha entre janeiro de 2015 e janeiro de 2021, tendo 6 volumes no total. Cells at Work! Code Black, principal spin-off da franquia, foi serializado na revista semanal Morning da editora Kodansha entre junho de 2018 e janeiro de 2021, tendo 8 volumes.

Uma adaptação em anime produzida pelo estúdio David Production está disponível no catálogo da Netflix, mas apenas a 1ª temporada com opção de áudio original com legendas; Crunchyroll e Funimation, completo com opção de áudio original e legendas em português. Uma adaptação em anime de Cells at Work! Code Black está disponível no catálogo da Crunchyroll e Funimation, com opção de áudio original com legendas em português.

Cells at Work e seus spin-offs são inéditos no Brasil.

Comentários