Capcom anuncia Street Fighter 6

Capcom / Divulgação

Foi anunciado durante a Capcom Tour 2021 o lançamento de Street Fighter 6, apresentando apenas o teaser contendo os personagens Ryu em sua versão barbada e Luke, um DLC do jogo anterior, se preparando para mais uma luta épica. Assista:

Além do teaser, a Capcom prometeu mais informações para o inverno brasileiro em 2022. Para nós brasileiros um gostinho especial: Yusuke Hashimoto (Bayonetta 1 e 2) como designer oficial.

Mais informações em breve.

20 respostas para “Capcom anuncia Street Fighter 6”

  1. MeGaNiNjA disse:

    Soul Hackers 2 foi anunciado também e pela primeira vez em muito tempo chega no xbox

    https://youtu.be/emsm8wfo_MQ

  2. Anubis_Necromancer disse:

    CApcom só vive de SF…

    • Aguarde por novidades RE4…

    • GesichtLee disse:

      Kkkkkkkkkkkkkkkk o mlq entregou com 5 palavras que vive no mundo da lua e não acompanhou games nos ultimos 20 anos, e ainda sai falando kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Anubis_Necromancer disse:

        Amigo, o que eu quis dizer é que ela tem uma porrada de games de luta. Pq simplesmente não faz um novo deles? SF5 deu lucro? Sim, mas se dessem o mesmo tratamento aos outros que deram a ele não daria mais lucro?
        Mas é aquilo, pessoas com capacidade mental subdesenvolvida não entendem comentários simples

        • GesichtLee disse:

          Cara está muito por fora.

          Um monte de jogo de luta aonde? Tudo bem se você não jogou nada depois do Super Nintendo, mais pô a internet está aí, você deveria saber que Street Fighter é a unica franquia de luta da Capcom ativa, e só lança um jogo por geração de console.

          As principais franquias da Capcom hoje são Monster Hunter e Resident Evil, as duas fazendo muito sucesso com público e crítica, e vendem quase o dobro de SF, isso que RE lança quase todo ano.

          • Anubis_Necromancer disse:

            OI, pera. Tipo tu acha que eu parei no Snes?
            Vem com falácia pq perdeu argumento foi?
            Primeiro que se vc estabelece um jogo com DLCS, vc não cria um sucessor pra ele na mesma geração, MAS nada impede que ela lance outro jogo nessa mesma geração. Pega a SNK que lançou o Samurai Shodown 6 e o KoF15, não são nessa geração? Além do que, ambas tem suporte e “compatibilidade” entre si.
            DIFERENTE da Capcom que abandonou jogos como DarkStalker que tem uma boa quantidade de fãs em prol apenas do SF.
            AS franquias que vc citou são diferentes, pq o tema aqui são JOGOS DE LUTA, adveture e Action não rola.

          • GesichtLee disse:

            Você disse que a Capcom só vive de jogos de luta. Isso é completamente errado, só alguém que não sabe nada sobre vídeo game diria isso.

            É realmente difícil de acreditar que alguém falando sobre video game viveu tanto debaixo de uma pedra pra achar que a Capcom vive de jogos de luta. Isso é objetivamente errado, vá pesquisar quanto SF e os relançamentos de jogos de luta da Capcom venderam, e vá ver quanto RE e MH vendem.

            Se você não se Interessa, tudo bem, mas não saia falando de coisa que não sabe.

          • Anubis_Necromancer disse:

            Claro, pq tem campeonato de RE ou mesmo MH, né? Tem EVO só desses 2, correto?
            Quando digo que a Capcom só vive disso, é pq a receita geral rola dos campeonatos, nos quais são usados o jogo.
            Pega o Capcom Cup, tinha algum citado? é ali que rola a grana cara. Os outros só vendem no home, mas o lucro mesmo é nesses lugares. Por isso minha afirmação.
            e tem que viver debaixo de uma pedra pra não entender o caso, ah pera, vc não sabia, né?

      • Lindemberg Pereira dos Santos disse:

        E Resident Evil, hein? rss

  3. Destron disse:

    Se o jogo tiver esses gráficos pqp vai ser mt pika

  4. GesichtLee disse:

    Amei esse gráfico! Finalmente acabou aauele estilo escroto, cabelo de banana do SFV!

  5. Ian Rocha disse:

    E esse Ryu ocidentalizado? (n to ligado do lore, mas pra mim ele era asiático mesmo .-.)

    • Kollz disse:

      Nuss já to vendo o povo problematizando isso no twitter kkkkk

    • Lindemberg Pereira dos Santos disse:

      Ao longo desses 35 anos de Street Fighter, hoje eu tenho 38 e confesso que percebo a necessidade de homenagear pessoas pelo mundo por meio do game. Inicialmente indicando o país de origem, encontrando formas de representar as diversas artes marciais que temos e agora, mesmo que polemicamente identificando traços ocidentais em um personagem oriental.

      E nem cabe pensar em “What If…” sobre as origens de Ryu com a possibilidade de ter parentes para o lado de cá, né? rss

  6. […] evento, a Campom também anunciou o novo Street Fighter 6 e até lá, os fãs da franquia podem recordar os dez títulos anteriores nessa coletânea de […]

  7. Noir Fleurir disse:

    Depois do netcode e da detecção de colisões porcos de Street Fighter V, sem contar a monetização safada sempre prometida que será diferente, creio que a compra é realmente só para otários. Mas ser fã é ser otário, fazer o quê.

  8. lau disse:

    Ryu de chinelo? Que blasfêmia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.