Belle deve chegar aos cinemas brasileiros ainda em janeiro

Studio Chizu / Divulgação

Belle, aclamada animação do diretor Mamoru Hosoda (O Rapaz e o Monstro, Guerras de Verão, Mirai no Mirai) parece que finalmente chegará aos cinemas brasileiros neste mês de janeiro.

Após muitas especulações ao longo das últimas semanas, a Paris Filmes definiu que a produção chegará às telonas em 27 de janeiro, mas ressalta que a data de estreia segue sujeita a alterações. A versão exibida deve contar apenas com legendas em português.

Indefinição na estreia tem motivo

Embora tenha sido aclamado pela crítica sendo aplaudido de pé por 14 minutos no Festival de Cannes, Belle entra num grupo seleto de filmes que precisa mais do que isso para se tornar popular, e consequentemente, despertar o interesse no público.

Um dos motivos pelo qual a Paris Filmes parece incerta quanto a data de lançamento é sua possível indicação ao Oscar de Melhor Animação — o que tornaria sua promoção muito mais interessante. Tal postura não chega a ser novidade, visto que animações do Studio Ghibli e outras produções menores passaram pela mesma situação quando chegaram aqui no Brasil.

Se nada mudar, Belle chegará aos cinemas brasileiros em 27 de janeiro.

7 respostas para “Belle deve chegar aos cinemas brasileiros ainda em janeiro”

  1. MeGaNiNjA disse:

    Quero sabe quando vai entrar na Netflix, quero muito ver esse filme mas nem ferrando que vou ver com a ominicron por ai

  2. Lien, o Viciado em TWST disse:

    Eu acho que estão pensando é na covid e não querem falar

    • Blader Dudu disse:

      Acredito mais na indicação ao Oscar, um marketing a mais, se v#rus fosse problema muitos filmes nem teriam sido lançados nessa pand#mia.

  3. BrunoArce disse:

    “sendo aplaudido de pé por 14 minutos no Festival de Cannes”
    Sempre leio esses negocios de gente aplaudindo por um tempão os filmes no Cannes e eu não consigo acreditar.

  4. Isack Rosario Campos disse:

    Sem dublagem to fora

  5. Kalem disse:

    com essa Ominicron eu não quero arriscar mesmo eu tendo ido pro cinema pra ver Sem volta para Casa…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.