Anime Onegai: versão final da plataforma de animes será lançada em abril

ANIMEKA LLP / Divulgação

Atualmente em sua versão beta, a plataforma de animes Anime Onegai revelou que irá lançar sua versão final em abril, data em que promete anunciar quais títulos farão parte de seu catálogo. O serviço atualmente está disponível somente para os países de língua espanhola, mas os responsáveis já confirmaram que haverá uma versão em português, mas ainda sem uma data prevista.

Para quem não sabe, o Anime Onegai é uma plataforma controlada pela editora Shueisha, Toei Animation, a emissora TV Tokyo, e a distribuidora japonesa My Theater D.D, que juntas formaram a ANIMEKA LLP. O objetivo do grupo é poder ser uma nova opção no quesito streaming de animes na América Latina, que atualmente é monopolizado pela Sony, que possui a Funimation e a Crunchyroll.

Para Rod López, Gerente de Expansão Global da ANIMEKA LLP, o fato de uma só empresa ter esse controle faz com que o mercado da nossa região tenha algumas necessidades ignoradas por conta do foco principal ser os EUA, e isso será o diferencial do Anime Onegai, que enxerga a América Latina com outros olhos. Ainda segundo ele, o fato das plataformas atuais deterem controle do mercado faz com que produtores e criadores de animes tenham seu faturamento reduzido, além de ignorar a grande quantidade de títulos e outros aspectos da indústria, que poderiam funcionar na América Latina.

O Anime Onegai promete ainda trazer seus títulos com dublagens que agradem ao público, e o mesmo deverá acontecer por aqui em algum momento. Outra novidade é que um evento virtual aberto a imprensa e ao público será realizado no dia 18 de abril, onde além de trazer detalhes sobre como o serviço será ofertado, parte do catálogo também será revelado, com direito a exibição de trailers. Os nomes dos animes ainda são um mistério, mas o Anime Onegai deixa escapar que parte das séries que possui os direitos são muito queridas pelos fãs, algumas delas nunca foram sequer dubladas.

Como citado no começo da matéria, as informações mencionadas acima fazem parte do lançamento da versão em espanhol do Anime Onegai, mas cogita-se que a mesma estratégia será adotada no Brasil, inclusive em relação ao catálogo. Mais detalhes sobre o lançamento da versão em português em breve.

45 respostas para “Anime Onegai: versão final da plataforma de animes será lançada em abril”

  1. matheus bom de bolo disse:

    Graças a Deus terá concorrência pra crunch depois da fusão com a Funimation

  2. Toelho disse:

    “mas o Anime Onegai deixa escapar que parte das séries que possui os direitos são muito queridas pelos fãs, algumas delas nunca foram sequer dubladas.”
    Séries antigas ignoradas no Brasil como Kimagure Orange Road e Marmalade Boy vindo aí, será?

  3. Danilo Mascarenhas disse:

    Ih rapaz, má notícia para a Sony que achou que ia deter o monopólio no streaming de animes através da Crunchyroll. Tem que ter concorrência, e o cliente é quem sai ganhando.

  4. RPG Humanelfo - Youtube disse:

    Será que ela vai remover os títulos da CR e colocar como exclusivo da Onegai? Tipo Naruto, Bleach e etc.
    “Shueisha, Toei Animation, a emissora TV Tokyo”

    • willian disse:

      Ele não podem remover os que tem diretos pagos pela distribuidora local.

    • Rafinha disse:

      Não. Os títulos que a CR tem em mãos vão continuar lá. mas pode acontecer de haver títulos que quando os direitos de transmiti-los ser finalizado não haver mais interesse de ser renovado. mas acho que a Anime Onegai vai ser uma pedra no sapato da CR de alguma forma ao nosso favor(fãs de animes). Mas acho que ela deveria fazer contratos de títulos exclusivo só dela (nada a impede).

  5. Kenji disse:

    Que seja melhor que a Crunchyroll, estou torcendo por você.

  6. Thiago Ghisleri disse:

    espero que tenha coisas que não acho em streaming como yu yu hakusho dublado, gash bell sem censura, D gray Man e uns animês maneiros que não vem pra cá

  7. son disse:

    Uma coisa que eu queria ver era a versão japonesa de Pokémon, você só acha coisa legendada por fansub e nunca de forma completa (AG, por exemplo). Não que eu esteja reclamando das fansubs, mas eu adoraria ver

  8. NintenBoy disse:

    Só de não vir censurado, com tradução diferente pra lacrar, e cancelando transmissão de anime como a sony faz, já seria uma vitória. Assinarei com gosto. O CADE tá dormindo, não vai investigar o monopólio da sony?

    • Eryk Oliveira disse:

      Essa questão de tradução diferente para lacrar é a minha maior preocupação. Espero que não tenha isso. De verdade.

      Entendo que as pessoas querem mais inclusão. Mas esse tipo de coisa não é o caminho. Na verdade, serve mais para dividir do que incluir como já está acontecendo.

  9. murasaki disse:

    Enquanto uma empresa mais internacional como a Sentai Filmworks ainda tá moscando pra atuar como concorrente por aqui, temos uma focada exclusivamente para a América Latina demonstrando ser mais eficiente aqui.
    Que comecem a adaptar sua interface o quanto antes. E que comecem a dublar títulos freneticamente tal como estão estão fazendo no idioma nativo, pois já temos empresas nacionais que estão fazendo esse trabalho aos poucos aqui e logo mais devem ter novidades, que seriam a plataforma Anistage e a licenciadora de conteúdo Animity.

    • Nielsen Souza disse:

      Sentai aparentemente terá seus animes disponibilizados na plataforma de streaming da AMC. A empresa deve acabar com o Hidive e colocar tudo ali dentro.

      • murasaki disse:

        Curioso. Aparentemente essa plataforma também estava ferrada na matriz para terem anunciado isso.
        Mas enfim, existe indícios do lançamento dessa plataforma no Brasil? Pois pelo que se sabe eles mencionaram o lançamento dela na América Latina ainda esse ano, mas não achei nada sobre o lançamento afetar aqui.
        Também me pergunto se com isso eles brevemente descartariam parceria com a Netflix, já que pelo menos uma das produções da empresa é exclusiva da plataforma (Better Call Saul).

      • Rafinha disse:

        Existe chances dos animes da sentai terem dublagem Nielsen?

      • Leonardo Ytp disse:

        Não duvido da AMC renomear o canal Love Nature da Amazon Prime para AMC+

  10. Squall disse:

    Duas coisas: Simuldub e app pra todas as plataformas, incluindo smartTVs. Se não tiver essas coisas nem adianta que não vai conseguir concorrer nem com os serviços oficiais que já estão no mercado e nem com a pirataria. Simuldub tem que ser com qualidade e com no máximo umas duas semanas de diferença, mais que isso já é tempo demais hoje em dia (especialmente sabendo quer você pode acessar o anime, ainda que legendado, no dia e hora que ele foi lançado lá no Japão) e app pra todos os dispositivos é uma necessidade, especialmente pra TVs, porque se tiver que ficar no computador pra ver um anime, qual a diferença pro pirata?

    • Eryk Oliveira disse:

      O único jeito que eu conheço de termos animes dublados com antecedência e inclusive uma hora depois de passar no Japão…

      Seria se os responsáveis por trás já estressem o anime pensando logo nisso e dublado logo.

      Animes como Digimon e Dragon Quest por exemplo seriam perfeitos para isso!

  11. edustarman disse:

    Capitalismo e livre mercado é ótimo, que traga títulos da Toei espero que venham os novos Digimons e Dragon Quest dublados já ficaria feliz.

  12. Kazuma disse:

    Vai flopar que nem o Anistage

  13. Rafinha disse:

    Perece que a corrida dos streaming dedicados apenas aos animes já começou.

    Anistage vs. Crunchyroll vs. Anime Onegai.

  14. Noir Fleurir disse:

    Prevejo dublagens sendo mandadas para Miami/Campinas, como fez a equipe que gerenciava a Locomotion, que se focava no mercado que falava espanhol e mal entendia português nem se relacionava com o público brasileiro.

    • murasaki disse:

      É bom não tomarmos conclusões precipitadas primeiro. Vale lembrar que, como o post diz, as informações das atualizações da plataforma são para o público latinoamericano no geral, mas ainda não deram informações extras sobre seu lançamento no Brasil, portanto se começarem a falar a respeito, irão avisar, então não acho que vão dar uma de Funimation e dublar tudo de surpresa.
      Provavelmente vão ouvir o público antes, sem falar que a empresa possui seu estúdio próprio para dublagens em espanhol, o que pode ou não influenciar aqui.

  15. Lien, o Viciado em TWST disse:

    Interessante

  16. Pedro Nobrega disse:

    Isso significa talvez uma redub do Gash Bell?

  17. MeGaNiNjA disse:

    Esse serviço vai ser pago ou vai seguir os mangas e ser gratuito?

  18. Felipe ROx disse:

    Acho que se lançasse a Abema por aqui aí ser mais jogo

  19. Blader Dudu disse:

    Se não colocarem idiotices como “pronome” neutro ou censurarem falas nos animes (seja legenda ou dublagem) já ganha meu respeito.

  20. Blader Dudu disse:

    Capaz deles usarem os cavaleiros do zodíaco como carro chefe nas propagandas se forem espertos, ainda mais no Brasil que é o país que mais ama CDZ.

  21. Tales disse:

    com um controle direto do Japão isso pode dar muito certo, sem a censura ocidental, estou na torcida

  22. GesichtLee disse:

    Que iniciativa legal. Sempre critiquei muito a estratégia de marketing internacional das editoras de mangá e estúdios de anime, uma falta de visão inacreditável.

    Eles já deveriam ter se juntado para criar um serviço próprio faz tempo, e colocar os nomes de suas marcas na cabeça do público, como a Marvel faz.

    Antigamente, todas as IPs da Shonen Jump tinham o logo dela no nome no ocidente, pra mim era uma boa ideia, não sei por quê parou.

    Mangás e animes tem que ser tão acessíveis no mundo como são no Japão ou até mais, se não eles não tem futuro.

  23. Lord escanor disse:

    Finalmente nós teremos bastante Animes dublado em português BR
    Por causa das nossas orações Deus tocou no coração de algumas pessoas para trazer pastante animes e ainda dublado.
    Mas tomara a Deus que tenha animes novos e antigos disponíveis

Deixe um comentário para Thiago Ghisleri Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.