ACME Night: Warner e Cartoon Network anunciam novo bloco

Cartoon Network / Divulgação

A WarnerMedia Kids & Family e o Cartoon Network anunciaram o lançamento de um novo bloco na programação do CN nos Estados Unidos, intitulado ACME Night, que contará com a exibição de séries e filmes voltados para a toda a família, via Deadline.

Com exibição nas noites de domingo, o bloco trará a cada semana um novo título das telonas, com Shazam!As Tartarugas Ninja, O Homem de Aço, Scooby!, Pokémon: Detetive Pikachu, Sherlock Gnomes entre outros, além de trazer séries previamente anunciadas como Aquaman: King of Atlantis, Batman: Caped Crusader, Gremlins: Secrets of the Mogwai, Unicorn: Warriors Eternal e o game show Harry Potter Wizarding World.

Além disso, a Warner Bros. Animation anunciou a produção de filmes originais para o bloco, são eles: Merry Little Batman, Did I Do That to the Holidays? A Steve Urkel Story e um especial de Looney Tunes Cartoons.

Em Merry Little Batman, acompanhamos um Damian Wayne de 6 anos que se transforma no “pequeno Batman” para defender Gotham dos vilões que ameaçam o natal; Did I Do That to the Holidays? A Steve Urkel Story acompanha a figura mais excêntrica de todas tentando salvar o natal após destruir as festividades em um shopping; já o especial de Looney Tunes Cartoons traz à Terra na mira dos alienígenas, onde apenas Gaguinho e Patolino serão capazes de nos proteger.

O ACME Night será expandido através do HBO Max em 2022.

7 respostas para “ACME Night: Warner e Cartoon Network anunciam novo bloco”

  1. King Strife disse:

    Estão vivendo demais dos IPs deles, seria melhor se apostassem mais em novidades.

  2. Eryk Oliveira disse:

    Interessante. Isso sim chama bastante atenção do canal.

    Pela primeira vez em TEMPOS! Isso sem mencionar o Toonami.

  3. flavinho do pneu disse:

    Vale notar que esse especial de Looney Tunes na verdade é um filme.

  4. Endo Torres disse:

    Acho interessante esse novo momento em que os canais se tornaram um veículo de propaganda para serviços de streaming. Durante a década de 2010 a quantidade de reprises era tão grande que a impressão q dava é que não havia sequer a preocupação de trazer uma rotatividade maior de programas (apesar do catálogo enorme da Warner).

  5. Caio Martins disse:

    E no Brasil só porcaria de desenho idiota

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.