Pokémon: Detetive Pikachu: sequência pode não acontecer

Warner Bros. / Divulgação

Em entrevista ao portal Inverse durante promoção de seu novo trabalho, o ator Justice Smith falou a respeito da sequência de Pokémon: Detetive Pikachu, que até onde se sabe, segue em desenvolvimento pela Warner Bros.

“Eu adoraria voltar para Detetive Pikachu 2, mas eu não sei se vai acontecer. Acho que não devemos ficar tão esperançosos. Espero que aconteça. Honestamente, sou um grande fã, quem sabe, quem sabe? Espero que sim.” disse.

As últimas informações sobre a sequência surgiram antes mesmo do filme ser lançado, contudo, devido o colapso mundial provocado pela Covid-19, novas atualizações são desconhecidas desde então.

Pokémon: Detetive Pikachu foi um enorme sucesso de público e crítica, faturando pouco mais de US$ 433 milhões.

22 respostas para “Pokémon: Detetive Pikachu: sequência pode não acontecer”

  1. Ramon Dom disse:

    Sinceramente eu adorei esse filme. O ponto negativo é só uma opinião, que é o Ryan Reynolds interpretando ele mesmo de novo.
    E não incomoda tanto assim também.

    Diferente de Sonic que eu achei bem genérico e mais ou menos.

  2. Shai disse:

    Queria que eles fizessem filme de outra coisa baseada em Pokémon, fazer continuação do Detetive Pikachu é bem desnecessário visto que a história já foi fechada.

    • Ramon Dom disse:

      Eu concordo sobre a história já estar fechada.

    • GesichtLee disse:

      Mais ou menos, a maioria arco dos personagens se fecharam, mas ainda há potencial para contar outras histórias de mistério do universo Pokémon.

    • Felipe Estrela disse:

      Ate um tempo atras eles tavam considerando Red & Green, entre outras possibilidades. Agora ja não sei porque ja tem tempo que não temos noticia de nada.

      Enquanto isso, Sonic 2 estreia ano que vem. Então o problema é a Warner (Como sempre).

  3. Yuri Fernandes Vagos disse:

    Acredito que não irá acontecer por conta da Nintendo mesmo, o Shutaro Furukawa recentemente fez uma entrevista falando sobre o futuro da Nintendo nos cinemas, falando de novas IPs aparecendo nas telonas (com direito a outras marcas já estarem em desenvolvimento além do Mario) e até num NCU, o que eu acho que vai ser o foco da Universal com a Nintendo.

    • GesichtLee disse:

      Não, você não entendeu a estrutura da franquia Pokémon.

      A Nintendo não tem nada a ver com quaisquer adaptações de Pokémon, é tudo feito pela Pokémon Company.

      Uma prova disso, é que não há menção alguma á Nintendo na produção do filme, o filme é produzido pela Pokémon Company, Legendary, distribuido por Warner e Toho.

      A Nintendo e Game Freak também não tem nenhum grande envolvimento no anime, a Pokémon Company foi criada justamente para cuidar desta parte dos negócios.

      Daonde você tirou esse “NCU”? Ele nunca disse isso, não faz sentido nenhum, não tem como você colocar todas as franquias da Nintendo de um jeito que não vire uma salada, não acho que seria legal fazer um Smash Bros. no cinema, ficaria bem ridículo e quebraria o tom de seriedade de franquias como Zelda e Metroid.

    • Shai disse:

      Faz sentido a Nintendo inaugurou um parque do Mario na Universal lá do Japão que está dando o que falar.

    • Garo disse:

      Pokémon é um caso a parte da Nintendo, os videogames são apenas casa para os jogos.

  4. Papa Bento disse:

    certo, o cara falou nada com nada, só disse que queria estar no Detetive Pikachu 2 e TALVEZ ele não esteja nele… faltou um pouco de interpretação de texto…

  5. GesichtLee disse:

    Este universo tem que continuar sim, são mais de 1000 Pokémon, tem muita lore do jogo que pode ser explorada.

    Eu gostaria muito de uma série na HBO Max baseada no anime, com o Ash, Brock e Misty para chamar o público, explorando mais da história de Red e Blue.

    A primeira temporada do anime era sensacional, revi recentemente para ver se era só nostalgia, mas não, me emocionei em vários momentos, era melhor do que eu tinha em memoria inclusive, os arcos do Caterpie e Charmander são simplesmente sencaionais, se fizerem isso igualzinho na série é sucesso na certa!

    • Andre Gabriel disse:

      O grande problema de pokemon no início foi a fase Johto, eles cortaram a bola GS que ia ser o plot point da história, já que assim como no jogo ela teria um celebi, e como o celebi seria foco do quarto filme, decidiram esquecer a bola no churrasco, o resultado disso foi três temporadas cheias de episódios com a estrutura ‘perdidos na floresta, acham um pokemon novo, equipe rocket tenta roubar ele e o pikachu, mas no fim tudo se resolve’, e a coisa foi tão feia que até o narrador fazia piada com isso, e infelizmente o público foi perdendo o interesse.

      Era diferente da primeira temporada que apesar de muitos episódios estruturados, os locais mudavam, tinha várias cidades com seus próprios temas, até o tom, na primeira temporada tinha episódios dramáticos, episódios tristes, episódios de sátira, cada episódio era único

      Mas a liga Johto foi ótima

      • Lucas Rodrigo disse:

        Campeões da Liga Johto foi a fase mais chatinha mesmo de Pokémon. Lembro que quando assisti na Rede TV! aquele episódio do Togepi se perdendo na floresta e fazendo amizade com um Houndoom acabei dormindo bem mais cedo do que o habitual.

      • GesichtLee disse:

        Bom a maior razão disse o simples, eles tiveram que enrolar o anime para esperar o lançamento dos jogos.

        No começo, fizeram uma temporada só baseada na primeira geração, perfeito, aí já tiveram que fazer uma temporada filler, as ilhas laranja, que é legalzinha, melhor que a maior parte do resto do anime.

        Aí quando chegou Johto, e a Game Freak passou a tee uma estrutura de trabalho mais profissional a altura (ou não tanto, como vimos nos jogos recentes) de uma franquia tão grande, e então tiveram que fazer uma unica geração durar 3-4 anos.

        Eu pessoalmente acho insuportável assistir todos os episódios pós Indigo, tentei varias vezes, mas é impossível, é muot chato, muito ruim, são tipo uns três episódios bons por temporada.

  6. Caio Martins disse:

    Eu espero um filme baseado no anime

  7. Matheus disse:

    Um filme focado nas batalhas. Isso que precisamos.

  8. Carlos santos disse:

    Esse filme foi bem generico e não precisa de continuação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.