One Piece: roteirista do live-action conta como conquistou a bênção de Oda

Por Gabriel Fernandes em

Shueisha / Toei Animation / Divulgação

Em entrevista ao podcast RogersBase, o roteirista da série live-action de One Piece, Matt Owens (Os Defensores, Agentes da S.H.I.E.L.D.), deu detalhes sobre como conseguiu convencer o autor do mangá, Eiichiro Oda, a dar sua bênção para a adaptação.

Owens revelou que teve uma reunião com Oda na sede da Jump para discutir o projeto, porém não foi nessa ocasião que ele conquistou a confiança do autor. Os dois voltaram a conversar num jantar após esse encontro, onde Oda pediu desculpas por ter sido duro anteriormente, afirmando que tinha agido dessa forma porque leva sua obra e seus fãs muito a sério. Então o roteirista decidiu demonstrar que a história também tem grande importância para ele, contando de quando decidiu a série toda enquanto estava com depressão aos 20 anos, pois precisava ocupar seu tempo.

Owens declarou: “Eu disse a Oda que uma das melhores coisas em One Piece o fato de ser uma história sobre como todos possuem tragédia, tristeza e dor em suas vidas, mas não é isso que define as pessoas. O que define alguém é como se usa isso para moldar o futuro. Ninguém precisa fazer isso sozinho. Ninguém precisa estar sozinho. Quando você encontra pessoas ao deu redor que lhe motivem, elevem e ajudem, esse é o grande poder desse mundo. E essa é a história que pretendo contar ao mundo.” Ele concluiu dizendo que One Piece salvou a sua vida. Segundo o relato, a resposta de Oda foi olhá-los nos olhos, estender a mão e afirmar: “Tenho 100 por cento de fé em você agora”.

A adaptação live-action de One Piece será lançada pela Netflix e ainda não possui previsão de estreia. A plataforma também adicionará o anime em seu catálogo, com os 61 episódios da Saga East Blue no mês de outubro.

Comentários