Mulher-Maravilha 1984 pode mudar lançamentos no cinema e streaming

Por Matheus Sousa em

Warner Bros. / Divulgação

A decisão da Warner Bros. em lançar Mulher-Maravilha 1984 simultaneamente nos cinemas e HBO Max , pode mudar a maneira como os estúdios lidam com seus principais lançamentos, provocando uma mudança significativa na indústria, via CBR.

Estrategicamente, a manobra da WarnerMedia, que é proprietária da DC e HBO, é vista como bastante inteligente, enquanto entrega ao público um dos filmes mais aguardados do ano, na medida em que promove sua plataforma de streaming, mesmo que isso signifique perder uma cifra astronômica nas bilheterias; como um fim de semana de estreia acima dos US$ 100 milhões. De qualquer forma, os principais blockbusters lançados nos últimos anos tem visto uma queda cada vez maior nas semanas seguintes, e a indústria precisa saber como lidar com essa situação, sendo aqui a posição do streaming.

O CEO da Warner Media, Jason Kilar, reconheceu em um comunicado oficial que a decisão de lançar MM84 nos cinemas e streaming se deu pela pandemia do coronavírus, dando ao público o poder de escolha sobre onde e como deseja assistir o filme — muitos cinemas ainda estão fechados e é natural que as pessoas estejam com receio de ir até uma sessão.

Com mais de um ano de distanciamento social, se tornou um hábito cada vez mais forte consumir conteúdos em plataformas de streaming, e que após a pandemia, pode fazer com que as pessoas percam o hábito de ir até o cinema assistir a um grande lançamento para só depois conferir em seu conforto particular, sendo está agora uma experiência potencialmente lucrativa.

A própria Disney já fez o mesmo com Mulan e não parece ter se arrependido, sendo cobrado por duas vezes o acesso ao filme no Disney+ e ainda assim se destacando como um dos mais assistidos de 2020.

A queda na ida aos cinemas já vinha acontecendo há algum tempo, e a pandemia apenas acelerou esse processo. A Warner Bros. pode estar dando o primeiro passo para uma mudança gradual no consumo de conteúdo para blockbusters, mesmo que a experiência cinematográfica nas telonas seja única, pesa bastante a conveniência de se assistir em casa, agora mais forte do que nunca.

Mulher-Maravilha 1984 estreia em 25 de dezembro nos cinemas e HBO Max. Aqui no Brasil, o lançamento acontece nas salas de cinema que estiverem abertas no dia 17. Não existem informações de como será a disponibilidade posterior.

Comentários