Kamen Rider: novas séries chegarão ao Brasil

Toei / Sato Company / Divulgação

Por meio de comunicado à imprensa divulgado nesta sexta-feira (26), a distribuidora Sato Company anunciou algumas recentes e relevantes informações a respeito da franquia Kamen Rider para os fãs brasileiros.

De acordo com o texto o qual se teve acesso, a empresa optou por dar satisfações ao público que vinha questionando a vinda do recém-adqurido filme Kamen Rider Zero-One: REAL x Time, continuação direta da série Kamen Rider Zero-One que chegará oficialmente antes mesmo da própria série, até então nunca transmitida oficialmente em território brasileiro. Segundo a Sato, o longa foi escolhido por membros da curadoria da Mostra de Cinema Japonesa 2021, com a finalidade de “divulgar a cultura japonesa”.

Ainda segundo a nota, a distribuidora informa que agora está em posse dos direitos de transmissão e licenciamento de séries da franquia não só para o Brasil como também para toda a América Latina, com veiculação gradual de mais séries dos heróis japoneses a partir de 2022. Vale destacar que recentemente a série Kamen Rider Black RX chegou sem alarde ou divulgação ao catálogo da Sato Company, constando como disponível apenas com áudio original e legendas em português, e a distribuidora mantinha além dessa em seu catálogo as séries Kamen Rider Black e Kamen Rider Zi-O.

20 respostas para “Kamen Rider: novas séries chegarão ao Brasil”

  1. Squall disse:

    Agora é esperar pra ver onde vão disponibilizar as séries, e se vão dublar ou não. Eu sou da geração Manchete, vi os clássicos na TV aberta, mas hoje em dia, por mais que ache legal a ideia de assistir essas séries nos canais abertos, acho que o caminho mais sensato é streamming. Faz um acordo com um Netflix, um Amazon, ou algum outro (até mesmo Crunchyroll), porque é onde o público desse conteúdo vai estar. Hoje em dia se só jogar na TV aberta vai dar prejuízo, o tempo que esse tipo de conteúdo dava bom retorno pras emissoras abertas já passou, pode até ter um aumento de público por um tempo no horário que exibir, mas não vai ser o suficiente pra bancar esse tipo de material, que deve ser bem caro pra licenciar.

    • Gabriel Viana Nagamini disse:

      Parte de mim vê que a gente a não vai ver a Sato mandando fazer dublagem tão cedo…

      Digo, é errado de mim suspietar que existe mais por trás dessa relutância quando a Sato não optou em renovar os contratos dos dubladores que trabalharam nas séries antigas que a Sato tinha licensiado LOGO APÓS aquela treta toda sobre a dublagem de Black?

    • Chucky da Star + #TeamRico disse:

      Falou TUDO

  2. Makoto Bakura disse:

    Sinceramente, eu desisti da Sato
    Pago a Amazon (nem sei mais se os tokus da Sato tão lá ou foram pra cucuia), mas foi tanta zona, mas TANTA zona que a Sato fez que não vejo nenhum ponto positivo mais em apoiá-los

  3. MeGaNiNjA disse:

    Oh boi, hora de pegar a pipoca

  4. Igor Lima Kock disse:

    Vamos ver o que acontece

  5. shikamaru disse:

    poderia trazer o kamen rider stronger e Kamen Rider Amazon já que estão em posse dos direitos de transmissão e licenciamento de série comece pelos mais antigos.

    • Pedro Nobrega disse:

      É engraçado que a preocupação é se vão dublar pelo menos e não se vai ser ruim a dub kkkk

      • Eryk Oliveira disse:

        Nada disso.

        Quando falamos de dublagem, queremos que seja boa.

        E não como foi aquela do live action de Tokyo Ghoul que a Sato Company dublou para passar no cinema.

        Era bem fraca. Não chegava a ser um desastre, mas ainda assim não era boa.

  6. Augusto henrique Melo disse:

    cadê o audio br?

  7. Pedro Nobrega disse:

    Primeiro contato que tive com Kamen Rider foi na série da TV Globinho que era boa até dms pra uma versão americanizada. Dps disso nunca mais ouvi falar na série até um dia que comentaram lá no SenpaiTV

  8. A SATO nao quer redublar os tokusatsus antigos e nem dublar os novos assim nao tem graça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.