Digimon ReArise: jogo chegará ao fim neste ano

Bandai Namco Entertainment/ Divulgação

A Bandai Namco Entertainment anunciou nesta segunda-feira (21) que o game para smartphones Digimon ReArise será encerrado. A empresa inclusive já desativou compras dos itens DigiRuby no aplicativo. O título foi criado pela Bandai em 2018 e lançado em junho do mesmo ano no Japão, chegando no resto do mundo em 2019.

O app funciona como um RPG, onde o jogador poderia visitar cidades e interagir com os Digimon além de comprar itens. O enredo do game é o aparecimento de Herissmon, um Digimon que surge em seu smartphone e logo após, uma força misteriosa conhecida como Spirals começa a atacar e o jogador precisa enfrentá-los.

Digimon ReArise será encerrado internacionalmente em 20 de abril, enquanto que no Japão no dia 21.

7 respostas para “Digimon ReArise: jogo chegará ao fim neste ano”

  1. Soba Mask disse:

    Joguei por um tempo, era bom

  2. ChrysMonkeyQuest disse:

    Era de se esperar que o app fosse fechar, eles tem dado muitos sinais desde o final do ano passado.
    É uma tristeza porque era o único jogo mobile global da franquia. Espero que tragam o Digimon New Century pra cá, ia ser um ótimo substituto.

  3. EvertonAR20 disse:

    Eu jogava esse jogo, até que era divertido, mas encontrei outros mais interessantes e acabei abandonando.

  4. MtuR disse:

    Esse jogo é ruim demais, nem sei como ficou tanto tempo online. Ele ficou instalado no meu celular 1h mais ou menos, sendo que foram uns 20 minutos de gameplay e 40 MINUTOS DE LOADING

  5. Rafael Reis de Almeida disse:

    Esse jogo daria um EXCELENTE anime. Espero ver o Rasenmon em outras mídias futuramente.

  6. Blu3s disse:

    Uma pena… às vezes tenho mesmo a sensação que Digimon já era no ocidente como os próprios japoneses chegaram a pensar, primeiro Digimon Links foi encerrado e agora esse jogo?

    Cheguei a experimentá-lo quando foi lançado, e curti muito a abertura que deram para ele, até queria inclusive que fosse para algum anime de tão boa que achei a música. Me impressionei com a facilidade com que tive acesso aos meus monstrinhos favoritos já nos primeiros dias jogando, mas acabei abandonando o jogo por falta de tempo e por conta do peso que o app estava tendo no meu celular junto com outros jogos.

    Fora que não há qualquer sinal de algum investimento da Toei para dublar as últimas séries que saíram no Japão, pra ver se a franquia volta a ter alguma relevância nesse período de auge de animes dublados que estamos tendo por aqui…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.