Descendentes: O Casamento Real este mês no Disney Channel

Disney / Divulgação

Este mês, o Disney Channel estreia em sua programação o especial animado Descendants: O Casamento Real (The Royal Wedding), lançado em agosto do ano passado nos Estados Unidos e já disponível no Brasil através do Disney+.

Na história, o grande dia de Mal e Ben finalmente chega, contudo, as coisas tendem a sair do controle com um incidente provocado por Hades.

Descendentes: O Casamento Real estreia no dia 12, às 20h no Disney Channel.

13 respostas para “Descendentes: O Casamento Real este mês no Disney Channel”

  1. Anubis_Necromancer disse:

    Plagio sem sal de Ever After High

    • King Strife disse:

      Que também não passa de outro desenho sem sal.

      • Anubis_Necromancer disse:

        Nem, ele tem mais conteúdo do que essa cópia barata^^

        • King Strife disse:

          E foi criado apenas para consumir mais dinheiro das crianças com bonecas, como se não já fosse suficiente pra Mattel já ter Barbie, Polly e Monster High.

          • Anubis_Necromancer disse:

            Ai que tá, se pegar o tanto de series que foram feitas para “vender brinquedos” e que tem conteúdo, não é pouco, né?
            Ever After até que poderia ser só isso, mas não foi, nasceu com identidade própria. DIFERENTE de Descendentes que desde o começo tinha o feelings merchan.

          • King Strife disse:

            Basicamente Ever After não passa de um Monster High trocando filhotes de monstros por de contos de fadas, quanto mais que só veio por inveja da Mattel pela Hasbro ter feito Equestria Girls.

          • Anubis_Necromancer disse:

            Ever After é um spin-off de Monster High pegando outro “nicho”.
            Na verdade ele foi criado para competir com a Barbie Dream House (Afinal, só um mês de diferença entre Equestrian e Ever, e no mercado de toys, isso é bem pouco tempo para pensar numa linha de toys).
            Descendente apenas viu que fazia sucesso e copiou na cara dura.
            Como Juniper Lee e Jake Long (no qual notamos uma animação ‘pobre’)

          • King Strife disse:

            Outro “nicho” de lucros com as crianças né? Pois vender bonecas de princesa é algo já bem comum até com da própria Mattel que fez várias Barbie princesa e ironicamente até bonecas das princesas da Disney (não que esteja defendendo eles, longe disso). E a coisa de duas facções rivais para distinguir os brinquedos é tão Transformers também… (Juniper veio 3 meses depois de Jake, e a animação, ou melhor dizendo a arte só piorou na segunda temporada)

    • Eryk Oliveira disse:

      Não tem essa história de “descendentes” dos contos de fadas em algum lugar?

      Porquê até os nomes, mano..

  2. mateus oliveira silva disse:

    e quando vai está disponível no Disney+ ?

  3. Fresh Prince of Namek disse:

    que visual mais bootleg de filmes da disney kkkkkkkk

  4. Gabriel M. Santos disse:

    O design ficou bem bonito. Mas a animação não ficou boa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.