Death Note, Naruto e Tokyo Ghoul são banidos da Rússia

Por Eder Rodrigues em

Shueisha / Madhouse

Ao que tudo indica, a Rússia está seguindo os passos da China em relação ao consumo e banimento de animes e mangás no país. Segundo informações divulgadas pelo site The Moscow Times, o governo Russo decidiu proibir nesta quinta-feira (21) algumas franquias famosas como Death Note, Tokyo Ghoul e Inuyashiki. A alegação do Governo é de que estas obras fazem com que “os adolescentes do país comecem a repetir as cenas violentas dessas séries”.

Além disso, também foi feito um pedido para promotores estaduais de São Petersburgo para o banimento de Naruto, Elfen Lied e Ishuzoku Reviewers. O sistema judiciário de São Petersburgo havia dado uma declaração no dia 18 de dezembro que “cada episódio contém crueldade, assassinato e violência em geral”. Neste dia em questão, foram registradas cinco ações contra 49 sites na Rússia.

Ainda de acordo com o The Moscow Times, os pais russos vem tentando, desde 2013, o banimento de Death Note do país após uma garota de 15 anos (com uma coleção de mangás da franquia) cometer suicídio. Outro caso polêmico envolvendo o mangá foi o de um menino, de São Petersburgo, “fã de Death Note” que pulou de uma janela. Os pais alegaram a relação das obras com os incidentes ocorridos com os jovens.

Comentários