Animadores idealizam curtas animados em protesto ao conflito na Ucrânia

Reprodução.

Um grupo formado por animadores e artistas tanto russos quanto ucranianos, resolveu se reunir em uma ação conjunta para expressar através de curtas de animação seu protesto e descontentamento contra o conflito na Ucrânia, que teve início no fim do mês de fevereiro e tem recebido ampla cobertura em noticiários ao redor do mundo.

Intitulado Animators Against War, o canal no YouTube reúne uma coleção de curtas animados com uso dos mais diversos estilos de animação para protestar por paz na região e manifestar a desaprovação de uma parcela da sociedade russa pela incursão militar ordenada pelo presidente Vladmir Putin, contando também com um perfil na rede social Instagram. Confira alguns dos vídeos:

Nas palavras de um dos responsáveis pela iniciativa: “Acreditamos que métodos pacíficos são a única forma para resolver quaisquer conflitos entre países. Tudo que está acontecendo agora na Ucrânia é uma tragédia sem precedentes. Não há como justificar o que essa guerra trouxe ao povo ucraniano em nosso nome. Por isso, clamamos que as ações militares na Ucrânia cessem imediatamente! Nós queremos paz! Exigimos respeito pela integridade territorial da Ucrânia! Nosso protesto é por respeito pela vida humana em quaisquer lugares em todos os países do mundo!”

Para se protegerem do monitoramento da polícia russa, que tem prendido manifestantes contrários à guerra dentro do país, os artistas envolvidos no projeto estão em anonimato. Em entrevista ao periódico austríaco Moment, um outro animador envolvido declarou: “Assim como todos, sim, eu estou com medo. Mas esse projeto, nosso trabalho, ajuda ao menos um pouco. Não acho que estamos sentados sem fazer nada… As coisas tem sido assim há anos, mas não nessa proporção. […] a Rússia vem oprimindo minorias políticas, étnicas e culturais há séculos, isso não é nenhum fenômeno novo. Melhorou após o colapso da União Soviética, mas voltamos de novo a esse período agora. Parte nossos corações presenciarmos isso novamente… A sociedade no país está completamente dividida agora. Muitos jovens estão cientes do que está acontecendo, mas as gerações mais velhas estão se mostrando mais suscetíveis à propaganda do governo. É a geração mais jovem que tem tentado abrir os olhos dos mais velhos. Muita gente que não imaginava que o Putin fosse um idiota está mudando de idéia, porque eles próprios estão lidando com as consequências dessa guerra, e são principalmente os jovens quem tem tomado as ruas, em especial mulheres e crianças. Eu cheguei ao cúmulo de ver um garoto por volta de seus 10 anos de idade ser preso por autoridades.”

Até o momento, a guerra entre Ucrânia e Rússia nao mostra sinais claros de um cessar fogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.